×

aksmee portugal gate
,




lastvisits
visitor like
Search Engine


Dear visitor of the aksmee portugal gate , this topic David Mourão-Ferreira has been prepared and chosen. Information last updated on today 03/06/2022

David Mourão-Ferreira

last update since 22 Day , 17 hour
2 view

  • Biografia
  • Obras
  • Poesia
  • Ficção narrativa
  • Outras
  • Academia Brasileira de Letras
  • Ligações externas
 
{{Info/Biografia
nome = David Mourão-Ferreira
imagem = David Mourão Ferreira - Parque dos Poetas.jpg
legenda = Estátua no Parque dos Poetas
nome_completo =David de Jesus Mourão-Ferreira
origem =
nacionalidade = Portuguesa
nascimento_data =
local_nascimento = Lisboa
morte_data = {{nowrap
morte_local = Lisboa
género =
movimento =
magnum_opus =As lições do fogo
prémios =Prémio Ricardo Malheiros (1959)
Prémio da Crítica da Associação Portuguesa de Críticos Literários (1980)
Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB (1986)
Prémio Literário Município de Lisboa (1986)
Prémio D. Dinis (1986)
Prémio P.E.N. Clube Português de Novelística (1987)
Prémio Jacinto do Prado Coelho (1988)
Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores (1996)
influências =Paul Valéry, André Pieyre de Mandiargues, José Régio, Carlos Queiroz, Fernando Pessoa
website =
cônjuge =Pilar Mourão Ferreira
David de Jesus Mourão-Ferreira GCSE (Lisboa, 24 de fevereiro de 1927 — Lisboa, 16 de junho de 1996) foi um escritor e poeta português. Tem uma biblioteca com o seu nome em Lisboa no Parque das Nações.

Biografia


Filho de David Ferreira, secretário do diretor da Biblioteca Nacional, originário de Elvas, e de Teresa Mourão-Ferreira, originária de uma aldeia do Baixo Alentejo.
Nasceu no extremo ocidental do bairro da Lapa, em Lisboa, numa casa onde viveu até aos 15 anos. Teve um irmão três anos mais novo, Jaime, afilhado de Jaime Cortesão. Frequentou o Colégio Moderno e licenciou-se em Filologia Românica, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1951.
Tornou-se assistente da Faculdade de Letras em 1958. Entre 1963 e 1973 foi secretário-geral da Sociedade Portuguesa de Autores.
Teve uma ativa colaboração em jornais e revistas, dos quais se destacam o Diário Popular. Foi também colaborador da revista Seara Nova, para além de ter sido um dos fundadores da revista literária Távola Redonda, que co-dirigiu (1950-1954), com António Manuel Couto Viana e Luís de Macedo. Foi precisamente através desta publicação que a atividade poética de David Mourão Ferreira começou a ganhar relevo, enquanto uma alternativa poética, de pendor lirista, à poesia socialInfopedia.
Considerado um dos maiores poetas contemporâneos portugueses do Século XX, {{Carece de fontes2data=dezembro de 2009Ganhou notoriedade junto do grande público com os poemas de sua autoria cantados por Amália Rodrigues, como Sombra, Maria Lisboa, Anda o Sol na Minha Rua Nome de Rua, Fado Peniche e sobretudo Barco Negro , entre outros. Outros fados da sua autoria, como Escada sem corrimão ou Lembra-te sempre de mim, serão interpretados anos depois por CamanéObservador.
Depois do 25 de Abril de 1974, seria diretor do jornal A Capital e diretor-adjunto do O Dia.
No governo, desempenhou o cargo de Secretário de Estado da Cultura (de 1976 a Janeiro de 1978, e em 1979). Foi por ele assinado, em 1977, o despacho que criou a Companhia Nacional de Bailado.
Foi autor de alguns programas de televisão de que se destacam "Imagens da Poesia Europeia", para a RTP.
A 13 de Julho de 1981 foi condecorado com o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada. Em 1996, a 3 de Junho, foi elevado a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada. No mesmo ano, 1996, recebeu o Prémio de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores.
Do primeiro casamento, com Maria Eulália, sobrinha de Valentim de Carvalho, teve dois filhos, David João e Adelaide Constança, que lhe deram 10 netos e netas.
Em 2005 é celebrado um protocolo entre a Universidade de Bari e o Instituto Camões, decidindo, como homenagem ao poeta, abrir naquela cidade o Centro Studi Lusofoni - Cátedra David Mourão-Ferreirahttp://www.centrostudilusofoni.unibari.eu/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1/que, dirigida pela Professora Fernanda Toriello e com a colaboração do professor Rui Costa, tem como objetivo o estudo da obra de David Mourão-Ferreira, assim como a divulgação da língua portuguesa e das culturas lusófonas. Promove também o Prémio Europa David Mourão-FerreiraPrémio Europa David Mourão-Ferreira.
Em 2005 a Câmara Municipal de Lisboa homenageou o escritor dando o seu nome a uma avenida no Alto do Lumiar.https://www.facebook.com/
423215431066137
/photos/pb.
423215431066137
.-2207520000.1448282009./
782691105118566
/?type=3&theater

Obras


Poesia




  • 1950 - A Viagem

  • 1954 - Tempestade de Verão (Prémio Delfim Guimarães)

  • 1958 - Os Quatro Cantos do Tempo

  • 1961 - Maria Lisboa

  • 1962 - In Meae

  • 1962 - ou A Arte de Amar

  • 1966 - Do Tempo ao Coração

  • 1967 - A Arte de Amar (reunião de obras anteriores)

  • 1969 - Lira de Bolso

  • 1971 - Cancioneiro de Natal (Prémio Nacional de Poesia)

  • 1973 - Matura Idade

  • 1974 - Sonetos do Cativo

  • 1976 - As Lições do Fogo'

  • 1980 - Obra Poética (inclui À Guitarra e À Viola e Órfico Ofício)

  • 1985 - Os Ramos e os Remos

  • 1988 - Obra Poética, 1948-1988

  • 1994 - Música de Cama (antologia erótica com um livro inédito).

  • 1954 - Barco Negro



Ficção narrativa




  • 1959 - Novelas de Gaivotas em Terra (Prémio Ricardo Malheiros)

  • 1968 - Os contos de Os Amantes

  • 1980 - As Quatro Estações (Prémio Associação Internacional dos Críticos Literários)

  • 1986 - Um Amor Feliz (Romance que o consagrou como ficcionista valendo-lhe vários prémios)

  • 1987 - Duas Histórias de Lisboa



Outras


  • 1961 - Aspectos da obra de M. Teixeira Gomes


  • Academia Brasileira de Letras


    O escritor Mourão-Ferreira foi escolhido para ocupar, na categoria de Sócio Correspondente, a Cadeira número 5, que tem por Patrono Dom Francisco de Sousa. Sua eleição deu-se em 1981, sendo ali o quinto ocupante. Depois da sua morte, esta Cadeira seria ocupada apenas em 1998 pelo moçambicano Mia Couto.
    ; Bibliografia



    • Redacção Quidnovi, com coordenação de José Hermano Saraiva, História de Portugal, Dicionário de Personalidades, Volume XVII, Ed. QN-Edição e Conteúdos, S. A., 2004



    Ligações externas


  • Cátedra David Mourão-Ferreira

  • Categoria:Naturais de Lisboa
    Categoria:Escritores de Portugal
    Categoria:Alumni da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
    Categoria:Professores da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
    Categoria:Secretários de Estado de Portugal
    Categoria:Correspondentes da Academia Brasileira de Letras
    Categoria:Grandes-Oficiais da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada
    Categoria:Grã-Cruzes da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada
    Categoria:Globo de Ouro (Portugal) de Mérito e Excelência
    Categoria:Prémio de Consagração de Carreira da SPA
    Categoria:Poetas de Portugal
     


    The sections of the aksmee portugal gate are various worked to serve the visitor to make it easier for him to browse the site smoothly and take information. ... last modified today 03/06/2022





    vision blog


    aksmee